Pular para o conteúdo principal

A Bela Cadeirante e suas Irmãs...136

          E lá estavam elas de novo, no mesmo horário, no mesmo lugar e me olhavam e davam risinhos, cochichavam alguma coisa, fingiam fazer fotos sempre comigo no fundo, até que eu as surpreendi ampliando a foto e me buscando. Brinquei com elas dizendo que se quisessem tirar fotos comigo era só pedir e elas parece que se envergonharam, mas fizeram as fotos e acabamos ficando amigos.
   Todas as vezes que nos encontrávamos era a mesma coisa elas ficavam de longe cochicahndo e rindo para mim, a diferença é que agora me conheciam, sabiam que eu era solteiro e estava dispovível. E foi então que tudo aconteceu...
   Vale descrevê-las. A mais nova tinha um belo corpo devia ter uns 40 e poucos anos e tinha fogo no olhar, a do meio era cadeirante e essa me olhava de um jeito diferente, como que encantada, tinha tambem um belo corpo, seios grandes do jeito que gosto e uma cara de safada. A mais velha mostrava que tinha sido uma bela mulher, ainda trazia muita beleza tanto de rosto como de corpo, aliás era a que usava as roupas mais justas no corpo, evidenciando ser uma bela mulher, como disse antes, pelo olhar dava para ver o fogo no olhar.
   Certo dia, sentei junto delas e perguntei porque me olhavam daquele jeito e confessei que estava ficando envergonhado, afinal de contas eram belas mulheres e eu estava ficando excitado com aquela história toda, aí elas se soltaram e revelaram o porque de tirar as fotos e o porque dos sorrisos.
   A irmão do meio estava sem sexo desde o acidente que sofreu e ao me ver pela primeira vez confessou às irmãs que com um cara como eu ela transaria mesmo que tivesse dificuldade e essa foi a primeira demonstração dela em relação ao assunto e por isso as irmãs quiseram fazer as selfies para comentar com outras amigas.
   Eu muito envaidecido disse que para mim seria um prazer, afinal de contas ela era uma bela mulher e se as irmãs participassem seria uma festa total, todas riram e perguntaram se eu queria ir na casa delas, fui e não me arrependi.
   Ao chegar, ajudei com a cadeira de rodas e peguei a moça no colo para levá-la para dentro de casa e perguntei onde colocá-la e ela me disse:-na cama. entrei no quarto e sorrindo perguntei se queria ajuda para trocar de roupa, ela prontamente respondeu que sim e fui tirando peça por peça, primeiro o blusão, então pela primeira vez ví de perto como eram deliciosos aqueles seios, que mesmo por debaixo da blusa se revelavam.Tirei então a calça e as curvas antes escondidas começaram a aparecer, era coxuda e estava com uma calcinha pequena enterrada numa bunda sensacional, coloquei ela sentada e tirei a camiseta e seus seios pularam, ela não usava sutiã, beijei aqueles bicos, suguei provocando arrepios em seu corpo, aproveitei e abri um pouco suas pernas e então tirei sua calcinha, ela sorriu e disse que não sentia aquilo há tanto tempo que parecia a primeira vez, ao ver que tinha sensibilidade ali, cai de boca e então percebi que o caso dela não era tão grave, ela não caminhava por fraqueza nas pernas, perguntei se ela queria algo especial e ela pediu para me chupar, eu excitadíssimo oferecí meu membro durissimo, ela chupou como uma mestre na arte da felação, quase gozei, foi quando ao olhar pelo espelho ví suas irmãs só de lingerie na porta do quarto, chamei as duas e beijei uma de cada vez, enquanto a do meio continuava "mamando".
   Pedi então que a mais nova, a bundudinha, ficasse de quatro e delicadamente comi aquela gostosa, meti direto no cuzinho, ela nem reclamou mostrando que gostava de dar a bunda. A mais velha pediu para me chupar tambem e mostrou que a arte da chupeta era de familia. Comí as três naquela noite e é claro que com várias paradas, me recuperava e voltava a bombar, virei freguês daquela casa e fiz uma feliz descoberta, três mulheres que adoravam dar a bundinha, era o paraiso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Comi a Filha da Amiga de Minha Mulher

Sou casado e feliz no meu casamento, minha mulher é maravilhosa, morena com 1,64 de altura uma bunda gostosa e uma buceta maravilhosa, isso sem falar dos belos seios que tem. Ela tem uma amiga casada, mãe de uma adolescente de 18 anos e por circunstancia a família dela e a minha tornaram-se mais próximas.
Minha mulher sai sempre com Vania e pede para que eu quando saia do trabalho vá busca ela na casa de sua amiga (Vania), já tinha tanta liberdade que ela nem se importava de ficar de roupa de dormir na minha frente, vale lembrar que Vania é branca e tem uma bunda gigantesca. E Paula sua afilha segue no mesmo ritmo, branquinha, com uma bunda grande e dura, seios médios com os bicos bem morenos e cabelos cacheados nas costas.
     Certo dia ela me pediu pra passar e pegar ela, e dessa vez era pra comprar um vinho para o jantar, fiz o combinado e Jorge (marido de Vania) não estava em casa, estava viajando a trabalho. Quando cheguei elas estavam a vontade (Vania e Paula), aproveitam…

COMI MINHA SOGRA RABUDA

Oque vou contar aqui aconteceu a 5 meses. meu nome é LUCIO tenho 20 anos e namoro com uma loira linda peitos fartos, bunda grande me me satisfaz muito na cama.só q desde q comecei namorar com ela a 2 anos atras sempre ficava com mto tesão ao vê sua mãe uma mulher de 36 anos morena muito gostosa peitão, com uma bunda deliciosa e toda impinada e ainda era uma mulher muito safada sempre falando sacanagem.depois de algum tempo comecei durmi na casa da minha namorada ae ficava só de olha na minha sogra q usava shortinhos enfiado na bunda e vestidinhos curtos. ficava me imaginando comendo aquele rabo gostoso.
Um dia meu sogro iria no mercado e chamou eu e minha namorada pra irmos juntos só q falei pra minha namorada q iria ficar durmindo que estava muito cansado.ela retrucou um pouco mais foi com seu pai no mercado. ae fiquei um pouco deitado e desci pra apreciar aquela coroa gostosa que era minha sogra.passei por ela e ela me disse se quiser vê televisão pode ir vê no meu quarto ja que lá…

STHEFFANY – EU E MAMÃE FODIDAS POR VOVÔ .

STHEFFANY – EU E MAMÃE FODIDAS POR VOVÔ .

Oi meus amores, minha mãe tem 36 anos mas parece uma garota de 22, e quando meu pai viaja nos duas ficamos por nossa conta em tudo, principalmente no sexo, já que minha mãe é viciada em chupar minha bucetinha e brincar com nossos brinquedinhos de prazer rsrsrsrs.
Bom, certa manhã eu havia levantado cedo e estava tomando meu café só de calcinha, então mamãe levantou e veio por traz de mim e começou beijar meu pescoço e levou a mão em minha bucetinha, eu abri as pernas pra ela poder explorar melhor mas disse a ela que não estava apetitosa pois eu tinha que tomar um banho pois tinha gozado a noite usando um consolo pra foder minha xoxota enquanto tinha outro todo enfiado no meu cuzinho, minha mãe sorriu e eu disse a ela que iria tomar banho enquanto ele tomava seu café.
Assim que saí do banho mami entrou e eu completamente nua sentei encima do balcão da cozinha e colocando os dois pés encima fiz saltar meu grelinho e fiquei assim por um tempo curt…