Rota RGB 05

Rota RGB 05
Siga a Rota RGB 05

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Duas Ninfetas e Eu-By K-ren-T

       Trabalho em um escritório que nos fundos tem uma visão exclusiva do jardim dos vizinhos, um quintal cheio de árvores. Moravam ali duas ninfetas, uma ruiva e outra morena que costumavam brincar por ali, cantavam , dançavam enquanto estendiam suas roupas. Muitas vezes eu dava uma expiadinha pois as meninas eram muito bonitas, e a janelinha de meu banheiro tinha uma visão como eu disse antes exclusiva e privilegiada. Certo dia, caiu uma chuva daquelas que é impossivel fugir, dá vontade de se molhar mesmo, a tipica chuva de verão e eu nesse exato momento tinha ido dar uma mijada e acabei tendo uma visão inesquecivel. A moreninha tirou toda a roupa e foi pra chuva, fez um sinal e de repente a ruivinha tambem estava ali toda nua brincando na chuva como crianças. Imaginem só, eu ali mijando, já com o pau na mão, foi inevitavel que ficasse durissimo com aquela cena.
   Elas começaram a se abraçar e a se beijar de um jeito até inocente mas muito excitante, esfregavam as coxas uma na outra e derepente correram para trás de uma árvore que para minha alegria era bem próxima de onde eu estava, a moreninha que sempre tomava a iniciativa começou a brincar com seu seio, que era médio pra grande, e colocava o bico na bucetinha da ruivinha que gemia baixinho só para que eu ouvisse(minha imaginação começava a funcionar).Não contente com aquilo a morena subiu e começou a beijar os peitos fartos da ruiva, numa cena sensualissima. Elas então começaram a se beijar com muita vontade e a ruiva começou a brincar com a bucetinha da morena, depois começaram a enfiar o dedo uma na bundinha da outra, depois começaram a se esfregar até chegarem juntas ao climax.Ainda com um sorriso no rosto se levantaram e entraram na casa.
   No final de semana estava no escritório quando ví as duas de biquini pegando um bronzeado, como eu fazia todos os meses liguei para a tia delas dizendo que poderiam buscar jornais e papéis que eu tinha guardado. Ao abrir a porta lá estavam minhas musas, com um shortinho e com a parte de cima dos biquinis, a ruiva era um espetáculo com seus seios quase pulando para fora e ao se abaixar para pegar os papéis olhei sem nenhuma vergonha para aquelas delicias.A morena me olhou e fez uma cara de reprovação, mas eu disse que elas eram lindissimas e eu gostaria de ver aqueles seios, a morena então me chamou de tudo quanto é nome, a ruiva pareceu gostar da idéia, foi então que puxei as duas e mostrei a visão que eu tinha do jardim e menti que tinha gravado tudo.Daí então ganhei duas amigas que comia todos os finais de semana, até que tive que me mudar.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Duas Professoras com Sede...

Loira 1

Loira 2
        Estava num curso onde tinha duas professoras que eram um verdadeiro espetáculo, vamos chamar de loira 1 e loira 2 para não ferir ninguem.Pois bem, estava me dando bem com as coleguinhas e meu desafio era começar a me dar bem tambem com as professoras e assim decidi.
  A Loira 1 era o tipo de mulher, já madura que parecia ter sofrido alguns traumas amorosos e evitava aproximações, mas tinha um corpo delicioso, coxas grossas,seios grandes, uma bunda arrebitada, mas um rosto bastante antipático.
  Começamos a manter um relacionamento e certo dia fomos ao seu apartamento e para minha surpresa ao entrar me deparei com a loira 2 que até então nem sonhava que morava ali, e o melhor me recebeu apenas de lingerie e era mais deliciosa que a primeira, seios médios, bunda grande e deliciosa, coxas bem torneadas, uma cara de sem vergonha, o único defeito era sua voz um tanto desafinada, daquelas que chegam a doer e cansar nossos ouvidos, fora isso era tudo de bom.
   Como eu disse ao entrar no apartamento me deparei com a loira 2 agachada ao lado do sofá, ela parecia estar procurando algo, mas a cena era fascinante, ela ali de quatro com uma lingerie enfiadinha naquela bunda gostosa e nem notou que eu estava atrás dela na pequena sala. Ao me ver, se levantou me deu três beijinhos e foi até a cozinha, minha amiga loira 1 vendo minha reação me disse que aquele visual era normal, ela andava sempre assim em casa e na maioria das vezes andava nua. Foi quando disse que eu não me incomodaria se ela resolvesse andar nua por ali pois achava ela muito gostosa. A loira 1 deu uma saida para o banho e a loira 2 me apareceu só de calcinha na minha frente, dei um sorriso e a elogiei ainda mais, ela deu uma voltinha e aproveitei para dar um tapinha naquele bundão, já sem me conter.
   Ela me olhou com um olhar sapeca e disse que era injusto eu pegar em sua bunda e ela não poder pegar em meu sexo, foi quando disse que se ela queria era só pegar, ela veio e começou a massagear meu sexo sobre a calça, quando disse, agora que pegou melhor chupar tambem, ela se ajoelhou e me deu uma mamada sensacional, ouvimos a porta do banheiro se abrir e a loira 1 voltou para a sala somente de toalha, me disse que tinha dado um mal jeito no pescoço e pediu uma massagem, começei a tocar seu pescoço e a toalha caiu revelando aqueles seios grandes e firmes para uma cinquentona, não resisti e apalpei aqueles verdadeiros melões, depois chupei alternadamente cada um deles, foi quando a loira 2 voltou completamente nua e disse que queria aqueles carinhos tambem, confesso que pensei que não fosse dar conta, mas passamos a noite inteira naquele rala e rola e passei a frequentar aquele apartamento todos os dias... 

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Tesão com a Priminha-K-ren-t




     Minha prima era uma princesa, loira, olhos verdes e um corpo moldado pelos deuses. Estávamos sozinhos na casa de praia em um domingo, beliscando uns petiscos e falando besteiras, bem à vontade, poios a casa era nossa até a segunda de noite quando o pessoal começaria a chegar. Resolvemos assistir um filme, mas devido ao cansaço pelo sol da manhã, eu estava quase cochilando, minha prima tambem e chegou a encostar a cabeça no meu peito e acabamos dormindo. Só para lembrar ela estava com seu biquini preto que mal cobre aquelas delicias de seu corpo, as pernas grossas, os seios médios e durinhos, um tesão de menina que eu era tarado.Quando abri os olhos ela dormia com a cabeça já na minha barriga, fiquei admirando aquele corpinho queimado de sol, aquela carinha de anjo e aquele corpinho estourando dentro do biquini, acabei ficando muito excitado e resolvi soltar seu biquini. seus seios pularam para fora, aí fiquei louco de vez. Vendo aquele corpinho gostoso e aquele rostinho lindo bem pertinho de meu sexo e aqueles seios rosados de fora...começei a tocar os bicos daqueles seios, ela então acordou e segurando os seios olhou pra mim, fingi que dormia e ela voltou a deitar sobre minha barriga, mas amarrou o biquini antes disso.
   Notei que ela olhava meu sexo, porque como eu estava muito excitado ele quase pulava para fora da sunga.Ela muito curiosa soltou o cordão da sunga e ficou olhando meu sexo, cheguei a sentir sua respiração na cabeça inchada, foi quando ela esticou a lingua e começou a dar leves lamidas em minha glande, não resisti e soltei de novo o biquini, ela então baixou minha sunga de vez e caiu de boca no meu sexo, chupava como profissional e eu apertava seus belos seios.Ela então parou, me olhou e me disse: que delicia de pau tu tem e voltou a me chupar, tirei sua tanguinha e cai de boca naquela bucetinha, e caimos no chão para um delicioso 69, ela chupava e dizia que eu era muito gostoso e eu me deliciava naquela grutinha quente e molhada. Essa foi a primeira de muitas transas, aprendemos muito um com o outro e aquela bunda maravilhosa pude um dia dizer que era só minha....