Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

124-Hipnotizando a Secretária

Depois de alguns anos de estudo finalmente ele poderia exercitar o seu novo dom  a hipnose. Testou com amigos e amigas, parentes próximos vizinhos e vizinhas e finalmente estava apto a ajudar os outros. Acontece que todo o ser humano tem seu lado perverso e com ele não foi diferente, começou a testar seu dom com as empregadas da casa e acabou se dando bem, inclusive sexualmente.
   A primeira Vitima foi Maria, sua empregada encarregada de cuidar da casa, ela era uma senhora muito educada e ele sempre ficava cuidando ela com o canto dos olhos e sabia se tratar de uma bela mulher. Um dia pediu que dona maria senta-se em seu sofá e começou a conversar com ela sobre assuntos diversos ee aos poucos foi hipnotizando sua velha empregada.
   Ao perceber que estava dominada ele pediu que ela se levantasse e tirasse a roupa lentamente peça por peça e ela assim fez, primeiro tirou o avental de serviço e nessa hora ele chegou a se surpreender com aquele belo corpo, não era nenhuma deusa, ma…

123-A Mulher do Porteiro

Moro em um grande prédio aqui na Capital gaúcha, sou solteiro e busco aproveitar os grandes momentos da vida de todas as maneiras principalmente nas aventuras sexuais que me envolvo.
   Em frente ao prédio existe um buteco onde volta e meia costumo dar uma passada pois as batatas fritas e o bife à milanesa ali são incomparaveis. Neste mesmo buteco conheci o novo porteiro de meu prédio e passamos a conversar bastante principalmente sobre futebol, ele torce para o Grêmio e eu para o Inter e as discussões e apostas são quase que inevitáveis. Numa tarde de muito calor entrou no tal buteco uma morena sensacional, tinha cara de vagabunda mas era gostosissima, vestia um pequeno short de jeans todo enfiado na bunda o que chamou e muito a atenção de todos que ali estavam, eu era o único sóbrio já que frequentava o tal lugar só pelos petiscos e não pelas bebidas.Pois bem, descobri que a mulher se chamava Deise e tinha ido buscar o marido que já estava completamente bêbado. Fui gentil e me …

122-A Caixa do Meu Supermercado

Aquilo tudo parecia loucura, mas eu não conseguia mais ficar longe daquele supermercado, mas quando conhecia aquela guria praticamente enlouquecí e não pensava em mais nada à não ser comer aquela  coisinha linda.
   Ela era uma daquelas guriazinhas até meio bobinha, tipico  da idade eu sabia mas era encantadora pelo menos para mim. Fiquei sabendo que tinha dezoito anos recem completados, tinha olhos castanhos, e ela dizia que eram cor de mel e os cabelos caídos nos ombros eram negros e a pele era bronzeada, descobri depois que adorava tomar banho de sol na casinha em que morava com a avó em cachoeirinha.
   Passei a frequentar aquele supermercado todos os dias e muitas vezes eu nem tinha necessidade em entrar lá mas era só para ver minha musa de perto. Infelizmente ela não me percebia, não sei se era indiferença ou se ela simplesmente não me via, mas eu comparecia ali todos os dias sempre no mesmo horário.
   Até que um dia a sorte começou a sorrir para mim  e depois de mais um…

Caipirinha do Interior

Sempre morei na cidade grande mas tambem sempre mantive minhas raizes no interior do estado onde eu tinha uma grande familia e volta e meia ia visitá-los.
   Numa de minhas visitas ao chegar me deparei com uma linda menina que ajudava minha tia noa afazeres da casa que era bem grande e dificil de ser cuidada sozinha.Após as apresentações me disseram que a moça era filha de um morador antigo da cidade que eu conhecia há muito tempo.
   Como bom cidadão urbano, o que mais me fascinava no campo era a natureza e naquele local tinha um riacho onde eu costumava me banhar e relaxar ficando ali sem pensar em nada só ouvindo o canto dos pássaros e o barulho caindo da pequena cachoeira que ali desaguava.
   Pois bem, num final de tarde fui para meu recanto preferido e ao chegar me deparei com a moça que ajudava minha tia ali, completamente nua, bem à vontade. Ela não me viu e preferi me esconder para apreciar aquele pequeno monumento ali nua em minha frente.Ela ficou ali um bom tempo e eu …