Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

Aulas de Piano-By Krent

Durante certo tempo dei aulas de piano aqui em minha cidade e apareciam alunas de todos os cantos da cidade, eram mulheres mais velhas, mais novas, jovens, enfim eram mulheres de todas as idades.numa tarde de verão, minha aluna Teca, apareceu com um vestidinho curto, muito sensual e levemente transparente e é claro que não consegui deixar de olhar aquele belo corpo. A sala em que eu dava aula era na minha casa mesmo e era um quartinho bem pequeno, só havia espaço para o piano e uma cadeira tipo poltrona. Nesse dia estava tocando uma musica linda que gosto muito quando, ouvi um barulho e olhei para trás, era Teca, minha aluna querida.Olhei ela nos olhos e elogiei seu vestido dizendo que estava muito bonita daquele jeito, ela baixou os olhos e ficou envergonhada com meu elogio, partimos então para a aula, Teca tocava muito bem e em breve seria uma ótima pianista se insistisse nos estudos.Ela começou a tocar e eu ia ajudando colocando suas mãos nas teclas suavemente, em um desses to…

A Mãe do Fred

Esta história aconteceu há alguns anos e foi real. Foi uma das melhores aventuras da minha adolescência, aconteceu num verão. Éramos uma turma bastante unida e faziamos nossas bagunças sempre juntos e quando dava problema, um defendia o outro, viviamos como se fossemos irmãos. Tínhamos nossas musas e por muitas vezes eram as irmãs, primas, tias e principalmente algumas mães que éramos loucos, e a mãe do Fred era a numero um. Era uma mulher magra, alta, seios médios e uma bunda como pode ser vista na foto, que deixava qualquer um maluco e até o Fred concordava com isso.Além disso ela era educada, sensual e muito simpática com todos nós. Certo dia estávamos na casa de Fred, eu e mais dois amigos, daqueles que davam em cima de qualquer uma. Assistiamos filmes, jogávamos games, enfim nos sentiamos em casa na casa de qualquer um da turma.Percebi nesse dia que a mãe do fred estava no banho e inventei uma desculpa e sai do quarto, na verdade me dirigi para o quarto ao lado onde a mãe de…

Na Maca com o Doutor

Me chamo Paty, tenho 21 anos, sou loira, tenho 1,70 mt e 55 kg
Sou do tipo branquinha magrinha de seios médios, cintura fina e bumbum redondinho.
Era uma sexta feira e eu tinha consulta na capital com um medico fisioterapeuta.
Minha mae me deixou na clinica e foi resolver suas coisas, como a consulta era com hora marcada fiquei esperando um pouco e logo fui chamada.
Entrei na sala era um doutor de aproximadamente uns 45 anos, bem forte e alto, conversamos um pouco falei das dores que sentia e ele pediu para eu me sentar na maca e tirar a blusa para ele me examinar.
Fui ate a maca me sentei e tirei minha blusinha ficando apenas com meu sutiã branco, o medico veio começou a me examinar e logo começou a passar a mao suavemente pelos meus ombros descendo ate nos braços e depois no meu pescoço e nas costas, aquele toque estava me dando um certo tesão que eu tentava esconder.
Logo o medico pediu para eu me deitar de barriga para cima, e começou a examinar minha barriga e sempre notava que ele…

No Caminhão de Mudanças

Certa fase de minha vida trabalhei numa empresa de mudanças e não foram poucas as aventuras que tive com mulheres de todos os tipos idades e vontades, eram geralmente mulheres que moravam sozinhas e na presença de um homem sem camisa , simplesmente "saiam da casinha" literalmente. e essa é uma das histórias que vivi:
   Era uma casa simples, mas ao chegar percebi que a proprietária não tirava os olhos de mim, cheguei a ficar um pouco intimidado, mas era meu trabalho e segui fazendo, mas aquilo começou a mexer comigo.Quando chegamos ela estava vestida de jeans e camiseta, mas quase no final , quando o caminhão já estava quase cheio ela surgiu de shortinho, aqueles de lycra que chegam a entrar na bunda e que bunda tinha a patroa.Além disso ela estava com a mesma camiseta só que agora amarrada acima do umbigo, uma verdadeira tentação, e por baixo, simplesmente nada, apenas aquele belo par de seios que já estavam me deixando louco, mas eu não poderia tomar a iniciativa pois …

Dona Lúcia, A Filha e a Neta

Minhas temporadas de praia sempre foram ótimas, tanto que quando perdi aquilo tudo entrei numa depressão profunda, minhas maiores e mais loucas aventuras aconteceram no litoral e a que vou contar hoje foi das mais excitantes, mas aconteceu de forma casual através dos anos.
   Quando fiz dezesete anos começei a ir sozinho para a praia e sempre fui bem tratado pela vizinhança, até porque sempre tive uma educação diferenciada, acima dos demais. Pois bem, num verão ao chegar ao litoral fui recebido por minha vizinha de porta, dona Lúcia era muito amiga de minha mãe e me tratava como um filho e nesse ano ao perceber que eu ficaria sozinho me visitava todos os dias com algum presentinho  e acabamos por isso estreitando nossa amizade que antes não passava de cumprimentos pelo prédio. Numa manhã. dona Lúcia me acordou logo cedo e naquela idade ninguem gosta de acordar cedo e fui atender a porta apenas de cueca e como é normal excitadissimo. Dona Lúcia entrou e pude pela primeira vez me…